Arte & Cultura

   


» Jóias "escravas" comemoram os 200 anos da chegada da
    Família Real

Mostra ficará exposta no Museu Imperial, em Petrópolis, até maio.
Exposição reúne trabalhos de 27 alunos e docentes do Senai.

15/04/2008

Redação Web Luxo



O Museu Imperial, em Petrópolis, região serrana do Rio, exibe até maio a mostra “Jóias Escravas”, em comemoração aos 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil. A exposição, que foi aberta no final de março, exibe a exuberância das jóias usadas pelas escravas brasileiras e reúne trabalhos de 27 alunos e docentes do Senai, primeira escola do Rio de Janeiro de Ourivesaria, ou seja, artefatos de ouro e prata.

O gerente executivo da escola, Bernardo Schlaepfer, afirma que o tema da exposição nasceu do encantamento dos alunos com a perícia das jóias africanas.

“Muitas destas peças eram confeccionadas pelos próprios escravos. Em nossa pesquisa para escolher o tema da mostra deste ano, os alunos ficaram deslumbrados com a perícia dos ourives africanos. Deste encantamento nasceu o tema da exposição, que representa uma ponte entre o passado e o presente. Os trabalhos mostram a construção do novo a partir da interpretação do antigo. Nossos alunos traduziram em belos trabalhos os conceitos, técnicas e competências desenvolvidas nos cursos", enfatiza.

Preparação começou em 2007

A preparação da exposição começou ainda no início de 2007, quando os alunos participaram de um workshop e a uma palestra de Solange Godoy, autora do livro "O Círculo das Contas", a respeito da joalheria crioula do Recôncavo Baiano. Além disso, também foi realizada uma visita guiada à exposição de jóias permanente do Museu Imperial, onde os alunos puderam ver outros exemplares da joalheria colonial e imperial brasileira.

O Museu também abriu seu acervo permitindo que os participantes, sob a orientação de museólogos e professores da escola, tivessem a chance de analisar em suas próprias mãos algumas peças.

Serviço
Local: Museu Imperial
Onde: Rua da Imperatriz, 220 - Centro
Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (24) 2237-8000
Quando: A visitação fica aberta de terça a domingo, das 11h às 17h30





 


Receba periodicamente o resumo dos eventos e novidades do luxo
clique aqui